• lsi
  • poli usp
  • usp

ENG013 - Cromatoscopiofone: protótipo em Arduino para identificação de cores para deficiências visuais

Sub-categoria: Eletrônica

Clique em Curtir até o dia 17 de Março de 2016 para votar em seu projeto favorito para o Prêmio Votação Popular na FEBRACE 2016

Autoria: Rodrigo Koozo Sakano Kamimura, Lucas Liberman Fernandes, Pedro Takahaski Fernandes

Orientação: Renato Pacheco Villar, Carlos Rafael Gimenes das Neves

Instituição: Colégio Bandeirantes

Resumo (Ver pôster)

A visão é um dos primeiros sentidos por meio do qual um ser humano tem contato com o meio externo, porém esta realidade não é verdadeira para todas as pessoas. No Brasil, existem mais de 6,5 milhões de pessoas com algum tipo de deficiência visual, sendo 92% destes possuidores de baixa visão e 8% cegos. Além disso, existem aproximadamente 8 milhões de brasileiros com Daltonismo. Pensando neste problema, pretende-se com este trabalho desenvolver um protótipo em Arduino que auxilie as pessoas com deficiência a identificar as cores no dia a dia, conferindo-lhes maior autonomia e maior acessibilidade. Construiu-se um protótipo em Arduino utilizando um Shield de som (WAVE SHIELD V2) e um sensor de cores (TCS3200) a fim de sanar esta lacuna. Como resultado obteve-se o Cromatoscopiofone (Croma – Cor, scópio – instrumento para observar fone – som/voz) que identifica uma gama de 10 cores além das notas de reais que circulam no país, emitindo para o usuário um áudio referente a cor em questão. O protótipo apresentou uma boa maleabilidade quando buscou-se identificar a mesma cor em diversos tipos de materiais, com índices de reflexão variados. Conclui-se portanto que o cromatoscopiofone é uma ferramenta eficiente na leitura de cores para pessoas com deficiência visual, ampliando seu horizonte de possibilidades na relação com o meio em que vivem.

Palavras-chave: Cor, Deficiência visual, Arduino

  • Blog
  • Twitter
  • Youtube
  • Facebook
  • Flickr